Alfaces, agriões, rúcula e mizuna

Alface 'Crespa amarela'
O exemplar da fotografia chama-se ‘Crespa amarela’ (não sei porquê) e já o ano passado tinha semeado, mas no Sargaçal. O sucesso foi mediano, embora com alguns pontos positivos, como considerar que tem uma resistência excepcional às lesmas e caracóis. O sabor é bastante forte.
Também tenho a crescer ‘Aruba’ e ‘Bionda foglia’. A primeira está bem lançada e é mais ou menos como a da foto, mas com as folhas muito recortadas. A ‘Bionda foglia’ pereceu toda no primeiro transplante, que coincidiu com o calor infernal. Na segunda tentativa está meia desanimada e não sei o que vai sair.
Os agriões têm sido um assinalável sucesso. Vou fazendo sementeiras sucessivas e praticamente passados 10 dias estão prontos a colher.
A rúcula é excepcionalmente forte de sabor para mim. Aguento na sopa, na salada é impossível. Deu uma colheita interessante, mas era suposto crescer uma segunda vez, o que não se verificou. Agora no seu lugar está algo chamado “Corn salad” que não tem tradução que conheça e parece-me que é perene. Acho que é uma espécie de “alface selvagem”, boa para permacultura. A ver o que dá.
A Mizuna foi um festim para lesmas e caracóis a partir de certa altura. No fim sobraram umas amostras para provar. Come-se.

15 Responses to “Alfaces, agriões, rúcula e mizuna”

  1. sergio

    gostava de ver fotos dos agriões e mais qq coisa sobre eles, ando a pesquisar sobre isso, como os cultivar e tal
    água e sol parece-me que são essencias :)

  2. José Rui Fernandes

    Lamento, mas não tenho fotografias e colhi os últimos no início da semana (vamos comer hoje a sopa).
    Estes não são daqueles que crescem na água. Necessitam de rega normal (uma vez por dia no meu caso) e Sol.

  3. Beatriz

    Gostava de saber como (a que distâncias e profundidades) se plantam cebolas.

  4. susana

    gostava de saber onde posso encontrar sementes desses agrioes de pouca agua

  5. Alexandre Mauj Imamura

    Olá. Cheguei até este site maravilhoso pesquisando sobre Mizuna.
    E confesso estar encantado com tudo que li por aqui.
    Parabéns pelo bonito espaço.

    Gostaria de perguntar a você qual seria o nome da Mizuna, em português.

    Muito obrigado!

  6. Valter Martins

    Boa noite:
    Sou reformado recentemente, tenho um quintal com muita água e gostaria de a utilizar em agriões. Pode-me ajudar?
    Muito Obrigado

  7. José Rui Fernandes

    Caro Valter Martins, estes agriões que eu utilizo são de outra variedade, de terra. Regam-se normalmente. Sobre os outros não lhe sei dizer nada, nunca cultivei.

  8. Valter Martins

    Caríssimo José
    obrigado pela atenção e sobretudo pela rápida resposta, coisa que infelismente é muito rara.

  9. Mariana

    Agriões, como convém a Valter Martins,semeia nas margens de água corrente (se for o caso) ou semeia em sítio com boa retenção de humidade, não necessitando de estar sempre alagado, basta que haja sempre humidade.Tenho todo o ano.Além desses, há os agriões de horta que não precisam de tanta água, cultivam-se como qualquer hortícola.De uns e outros,há semente em bom hipermercado.
    No que convém à Beatriz,as cebolas plantam-se à distância de 15 cm e de modo a enterrar pouco mais que a raíz(diz-se que a raíz da cebola quer ver o dono a ir para casa…).Foi um prazer!

  10. Valter Martins

    Boa noite Mariana
    Obrigado pelas suas dicas.
    Já semeei há uns dias, só que ainda não nasceram e pelo que consta na carteira que comprei, talvez tenha de esperar por Março.

  11. A. Rangel

    Alguma pessoa de boa vontade me pode informar onde será possível comprar agriões de boa qualidade (isto é, pouco contaminados pela poluição) na zona do Porto?
    Muito obrigado desde já.
    — A. Rangel —

Deixar uma resposta

Mantenha-se no tópico, seja simpático e escreva em português correcto. É permitido algum HTML básico. O seu e-mail não será publicado.

Subscreva este feed de comentários via RSS