Campo da morte para gatos em Pequim +

O perigo espreita no pinhal
A processionária no Paixão dos Sentidos.

Devaneio velocipédico
No Está de Velho.

O Mundo em emissões de carbono
Excelente mapa. Uma daquelas imagens que vale por mil palavras. Kelso Cartography.

Campo da morte para gatos em Pequim
Faz parte da preparação para os jogos olímpicos. Quanto mais grandioso, mais nojo mete. Na Grécia também se fez algo parecido, pois os animais abandonados podem estragar a festa. Daily Mail.

E se os cães têm raiva? Massacram-se à paulada.
50.000 de cada vez… Ainda bem que a China comunista (qual comunista?) tem todo o apoio do Ocidente, desde que continuem a fabricar barato. MSNBC.

Porque é que os eco-activistas continuam a ter filhos?
Eu próprio, não sendo eco-activista, pensei muito com a Susana se valia a pena trazer mais crianças para este Mundo miserável. Para nós, valeu a pena, para eles… Não sei, quando forem grandes que respondam. Mas que só vejo desgraça para qualquer lado que olhe… Guardian.

A Lua, Mercúrio e Vénus
Numa grande fotografia. Astronomy Picture of the Day.

As flores de Fevereiro
Uma interessante série no Blog de Cheiros. Também já publicadas as flores de Janeiro.

3 Responses to “Campo da morte para gatos em Pequim +”

  1. Glaneuse

    Com a organização dos Jogos Olímpicos os chineses arriscam-se a que muito mais se saiba sobre os seus métodos e formas de estar muito pouco aceites no ocidente… Poderá ser mais perigoso para a China do que benéfico. Por mais limpezas que façam vão receber tantos jornalistas desejosos de sensacionalismo que não vão poder controlar…
    Que arrogância atroz a destes povos que não olham a meios…

    Glaneuse

  2. José Rui Fernandes

    Talvez sim, talvez não. Quando se realizaram em Moscovo, houve o boicote por questões políticas, mas para quem foi, a miséria foi toda varrida pelos comunistas para debaixo do tapete. E como se veio posteriormente a confirmar, era um tapete enorme.
    A China a mim não convence, é não é de hoje. A deferência do Ocidente a troco de bujigangas e muitos milhões, é hipócrita até dizer chega.
    Os exemplos são uns atrás dos outros. Veja-se o arquitecto “ideológico” Rem Koolhas — não se coibiu de projectar o edifício da TV pública, um verdadeiro antro de censura.
    Se os milhões continuarem a rolar, não são os direitos dos homens e muito menos dos animais (que na prática não têm nenhuns) que se vão atravessar no caminho do progresso e da glória olímpica.

  3. Glaneuse

    Mas o Ocidente é um poço de hipocrisia. Tudo se rege pela economia mas o que figura são as preocupações sociais…
    Concordo em absoluto com o q disse

Deixar uma resposta

Mantenha-se no tópico, seja simpático e escreva em português correcto. É permitido algum HTML básico. O seu e-mail não será publicado.

Subscreva este feed de comentários via RSS