Uma turbina eólica sem turbina +

O futuro dos jornais e revistas
Pelo menos poupam-se umas árvores deixando de utilizar papel. YouTube.

Por falar em futuro: Swipe
É uma nova forma de introduzir texto em dispositivos com um “touch screen”. Vejam o vídeo. Eu nem percebi como se pode introduzir texto tão rápido — clica-se na primeira letra e sem levantar o dedo traça-se um caminho pelas restantes letras da palavra. No futuro vai-se deixar de saber escrever letras no papel. CNet.

Touro morto ilegalmente em Reguengos de Monsaraz
E do futuro, directamente para o passado e para pessoas que não evoluem o mínimo. Voltando à tese de Henrique Pereira dos Santos, deploráveis são os métodos da Associação Animal, não os destes energúmenos, provas vivas que o Homem não saiu das árvores há muito tempo. Acho particularmente grave que um blogue a coberto do ambientalismo ataque o trabalho meritório de uma associação como a Animal. Continuando Portugal a ser Portugal, a GNR nem o(s) autore(s) do crime identificou — não será um dos deveres da GNR impedir um crime anunciado? E o canal espanhol TVI, continua a promoção destes actos inqualificáveis. JN.

Fotografias de arranjos florais
De Denise Grünstein. Muito bom.

É ilegal anunciar gato por lebre na rádio e TV, a menos que se concorra à Casa Branca
Jeffrey Zeldman.

O corpo humano evoluiu para correr
Bem, para passar os dias no sofá a comer batatas fritas é que não foi, mas lá chegaremos. Discover Magazine.

A publicidade tem direitos, as árvores não
Árvores que bloqueiem a vista dos cartazes publicitários vão abaixo. É na Flórida. TreeHugger.

Ave de rapina salva da extinção na Escócia
O “Red kite” (não sei o nome em português) é para já uma história de sucesso. Os seus números são os mais animadores em 200 anos. BBC.

Uma turbina eólica sem turbina
É o Humdinger. Um conceito interessante, o mesmo que em 1940, mandou abaixo a ponte de Tacoma Narrows nos EUA (YouTube).

Deixar uma resposta

Mantenha-se no tópico, seja simpático e escreva em português correcto. É permitido algum HTML básico. O seu e-mail não será publicado.

Subscreva este feed de comentários via RSS