O fundamentalista

O senhor André Azevedo Alves do blogue “O Insurgente” foi mais uma vez traído pelo seu fundamentalismo anti-ambiental e como é seu hábito, copiou para o seu domínio mais uma pérola do Wall Street Journal. Copiou, porque é mais fácil do que escrever e Deus sabe que o digníssimo AAA nunca viu um texto anti-ambiental que não tenha gostado. Mas estou a ser injusto, o produtivo autor escreveu uma frase, que é sinónimo de post, que reza assim e sem esboçar sequer um esquivo sorriso:

Desafiar o lobby eco-alarmista e a poderosa indústria do aquecimento global continua a ter um custo elevado


Não sei se ele escreve estas coisas a ranger os dentes, nem porque razão que não seja uma desonestidade intelectual compulsiva. Logo no primeiro comentário está a resposta do blogue Real Climate aos esgares do campeão do copy/paste (estava em baixo, aqui a versão na cache do Google).
Mas não satisfeito em ser injusto uma vez, sou injusto duas vezes! O paste também tem título, justiça lhe seja feita:

O silenciamento da ciência pelo eco-alarmismo

De notar a utilização criteriosa da palavra “ciência”. O acima referido silenciado, parece que tem como referências trabalhos notáveis entre o junk science e a astrologia. E como na era da internet os silenciamentos parecem funcionar mal, anda por aí (PDF) um “rascunho” do precioso documento. Por aí é uma maneira de dizer. Anda pelo site do CEI. Os tais do CO2 fonte de vida.
Dito isto, sou totalmente favorável a toda a ciência digna desse nome. Que confirme ou desminta o aquecimento global e a sua origem antropogénica. O que custa ao senhor André Azevedo Alves, obviamente além de escrever, é fazer um copy/paste com o mínimo de credibilidade sobre o que defende. Seja lá o que isso for, porque em abono da verdade nem se percebe o que é. Só se percebe o seu figadal fundamentalismo anti-ambiental.

4 Responses to “O fundamentalista”

  1. Pedro

    Concordo na totalidade com este “post”.

    Apelidar de “ciência” um rascunho como aquele “estudo” não só releva a veia radicalista que tenta combater como também a falta de conhecimentos para debater com honestidade a matéria. Facto, que comentei no “post” citado.

  2. José Rui Fernandes

    Isto já vem de longe. E não há descoberta científica que o faça pensar (não digo mudar de opinião). “Copia e cola” tudo o que lhe cheire remotamente a anti-ambiente, muito provavelmente sem sequer ler.
    Tem uma fé(zada) inabalável numas crenças sem suporte, mas depois a religião é dos outros.

  3. Lowlander

    A realidade tem um “bias” de esquerda. E por isso que um bom ultramontano nunca confia nos dados da realidade observavel para deduzir o mundo.

Deixe uma resposta

Mantenha-se no tópico, seja simpático e escreva em português correcto. É permitido algum HTML básico. O seu e-mail não será publicado.

Subscreva este feed de comentários via RSS

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.