Filmes de Dezembro (e TV)

Gold (2013) (75)

Realizado por Thomas Arslan. Em português “Ouro”.

4 Estrelas

The Party (2017) (76)

Realizado por Sally Potter. Em português “A Festa”.

3 Estrelas e meia

Lucky (2017) (77)

Realizado por John Carroll Lynch.

4 Estrelas e meia

L’Apollonide (Souvenirs de la maison close) (2011) (78)

Realizado por Bertrand Bonello.

4 Estrelas

La Vie d’Adèle (2013) (79)

Realizado por Abdellatif Kechiche. Nunca vi um filme mau de Kechiche.

4 Estrelas

Star Wars: Episode IX – The Rise of Skywalker (2019) (80)

Realizado por J.J. Abrams. Esta — agora sem qualquer dúvida —, miséria integral, já se arrasta pela galáxia há demasiado tempo. A Disney, pela mão de Jar Jar Abrams, conseguiu finalmente reduzir isto a nada. É necessário um talento especial para rodar um filme só com pontos baixos, o George Lucas deve estar satisfeito, a sua visão concretizou-se. E a música insuportável omnipresente aos berros? Pobre John Williams.

1 Estrela

Gholam (2017) (81)

Realizado por Mitra Tabrizian.

3 Estrelas e meia

Fleuve Noir (2018) (82)

Realizado por Erick Zonca.

4 Estrelas

Darbareye Elly (2009) (83)

Realizado por Asghar Farhadi. Em português “À Procura de Elly”.

4 Estrelas

Meari To Majo No Hana (2017) (84)

Realizado por Hiromasa Yonebayashi e Giles New. Em inglês “Mary and the Witch’s Flower”.

3 Estrelas

TV

Colony (Época 3)

Criado por Ryan J. Condal e Carlton Cuse. Pergunto-me o que seria destes argumentistas sem uma determinada visão da Alemanha de 1936.

2 Estrelas

Deixe uma resposta

Mantenha-se no tópico, seja simpático e escreva em português correcto. É permitido algum HTML básico. O seu e-mail não será publicado.

Subscreva este feed de comentários via RSS

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.